Suspeito de estelionato foragido da Justiça cearense processa advogados, defensores e juízes como 'vingança'

estelionato foragido processa advogados juizes vinganca
bit.ly/3gKdNaZ | Há mais de um ano, o livreiro Henrique de Paula Fudoli é considerado foragido da Justiça do Estado do Ceará pelo crime de estelionato. Como 'vingança' aos profissionais ligados ao sistema de Justiça, o suspeito vem processando advogados, defensores públicos e juízes.

Fudoli é o autor de mais de 30 procedimentos judiciais, que vão desde pedidos de indenizações patrimoniais até representações criminais. Conforme o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), em agosto de 2019, a 11ª Vara Criminal expediu mandado de prisão contra o suspeito, que, no sistema, permanece em aberto.

Na Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), o nome do suspeito é conhecido. São diversos inquéritos abertos contra ele remetidos ao Judiciário, confirma o titular da DDF, Jaime de Paula Pessoa. Em contrapartida, nos autos, o livreiro alega ser perseguido pelas autoridades e vítima de "retaliação estatal".

Casos

A advogada Gina Albuquerque afirma ser uma das vítimas do livreiro. Gina conta que no ano de 2015 Henrique a procurou buscando defesa em um caso envolvendo a família da esposa: "Eu não sabia da problemática naquela época, então iniciei o trabalho. Ele pediu para eu juntar provas afirmando que o filho vinha sendo abusado pelo sogro. Eu disse que não iria forjar provas e renunciei o caso. Depois disso comecei a ser protestada como se eu tivesse comprando livros dele e não estivesse pagando".

Um dos valores reclamados pelo suspeito de estelionato contra a advogada foi de quase R$ 2 milhões. "Comecei a pesquisar na internet o que vinha acontecendo e descobri várias outras vítimas dele. Em um dos casos, a juíza proferiu uma decisão contra o que ele queria, e aí ele protestou a magistrada também", contou Gina.

Outro processo aberto pelo livreiro é contra um grupo de defensores públicos com atuação no Ceará. Os defensores alertam para perseguição e importunação que, segundo eles, teve início em um episódio de agressão de Fudoli contra a ex-esposa.

"Henrique tem promovido verdadeira campanha de perseguição, ameaça e assédio moral a autoridades, advogados e servidores em razão do seu inconformismo com o andamento dos processos que sua ex-esposa movia contra ele, seja reconhecidamente abusando de seu direito de acesso ao Judiciário, seja supostamente criando dívidas em nome dos profissionais, constantemente enviando e-mails e fazendo ligações e escrevendo e publicando livros atacando Juízas que atuaram em seus processos", disseram defensores públicos, que terão suas identidades preservadas.

De acordo com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Ceará (OAB-CE), Erinaldo Dantas, pelo menos, oito advogados foram lesados por Henrique de Paula Fudoli. A OAB destaca acompanhar os casos e pede atenção da Justiça.

"Ele diz que mora na Dinamarca, entra com um processo no Distrito Federal contra pessoas que moram em Fortaleza e a Justiça aceita? É preciso barrar novos processos dele, inclusive para evitar tumultos contra as vítimas. Ele se aproveita das falhas do Sistema, consegue protestar contra qualquer pessoa. Em relação a prisão dele, é um caso de Polícia. Pedimos um empenho maior neste sentido", afirmou Erinaldo Dantas.

Fonte: g1.globo.com

1/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

  1. Seu mentiroso!!!!

    Inadmissível que operadores de direito atuem como marginais em um Estado Democrático de direito. Democracia essa, que parece existir somente na teoria, na prática vemos um Estado Marginal.
    Inadmissível que agentes públicos façam veicular notícias em jornais para fins de perseguição, difamação e vingança por motivos torpes e banais como o fato de o cidadão ter ido a uma corregedoria ou movido um processo no tribunal.
    Baixe os livros grátis no link abaixo ou envie um email para leidoabusodeautoridade@gmail.com para receber o PDF.

    PROVAS EM ÁUDIO E DOCUMENTOS DOS RESPECTIVOS PROCESSOS

    Livro 1
    Denúncias forjadas do MPCE (encomendadas para prejudicar o cidadão) – Má fé processual – Crime de Falsidade Ideológica da promotora.
    https://drive.google.com/file/d/1D84yKbIxX08WeLiFQCXXavwBPs-bdjFn/view?usp=sharing

    Livro 2
    Juízes de 1º e 2º grau agindo em conluio com advogados de abusadores de criança por motivos espúrios - Má fé processual – Omissão a crimes – Não em vão, o Estado do Ceará é famoso pela exploração sexual de crianças e adolescentes – um Estado abusador.
    https://drive.google.com/file/d/1lQFGP6QqXe6VOsitlFxnyyPHn74_HCBb/view?usp=sharing

    Livro 3
    Juíza sequestra cidadão pelo simples fato de o cidadão ir a uma corregedoria ou mover processos - Omissão a crimes – abuso de autoridade – má fé processual.
    https://drive.google.com/file/d/1_sTaUkegRbsbGN2lkCLxaHtfL6AvTlSR/view?usp=sharing

    Livro 5
    Esquema de “Rede” de Delegacias Cearenses que favorece um grupo seleto de advogados com a participação do Delegado Geral – Inquéritos forjados – Inquéritos ausentes que favorecem advogados da “rede” ou seus clientes – Rede de operadores de direito pedófilos – Não em vão, o Estado do Ceará é famoso pela exploração sexual de crianças e adolescentes – um Estado abusador.
    https://drive.google.com/file/d/18rsAT11CGjGqUx0GbRyXkcBpo7dIt41J/view?usp=sharing

    Livro 6
    Notícias difamatórias encomendadas em jornais para fins de perseguição e vingança por motivos torpes e banais pelo simples fato de o cidadão ter ido a uma corregedoria ou movido processo contra operadores de direito. – Mídia comprometida e sem compromisso com a verdade – mídias esquerdistas
    https://drive.google.com/file/d/1Au-lzo3oCcr4VyZqLsgS_ilDIbv9pvCx/view?usp=sharing

    Um Estado Marginal, covarde, antidemocrático com instituições perversas e agentes públicos marginais.

    #fake_news_do_judiciário
    #notícias_encomendadas_em_jornal_por_vingança
    #mídia_comprometida
    #notícias_infundadas
    #estado_marginal
    #esquemas_espúrios #inquéritos_policiais_encomendados_e_forjados #denuncias_do_mpce_forjadas
    #condenações_forjadas_sem_direito_a_defesa
    #agentes_públicos_perversos
    #ponerologia
    #marginais_no_poder
    #estado_antidemocrático #sequestro_de_cidadão_pelo_simples_fato_dele_ir_a_corregedoria
    #ameaça_de_sequestro_de_cidadão_pelo_simples_fato_dele_ir_a_corregedoria #instituições_marginalizadas
    #esquerdismo
    #marxismo
    #judiciário_agindo_como_organização_criminosa #corregedorias_que_não_funcionam #operadores_de_direito_marginais_que_agem_livremente
    #luta_pela_democracia

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima