Animal agredido: briga entre cachorros gera indenização de R$ 4,6 mil em Florianópolis

briga cachorros indenizacao 4-mil direito
bit.ly/2yAf6Eg | Uma briga entre dois cachorros gerou uma indenização de R$ 4,6 mil à dona do animal que foi agredido. O caso aconteceu em 2016, no bairro Ingleses, no Norte da Ilha, em Florianópolis. A sentença do juiz Alexandre Morais da Rosa, do Juizado Especial Cível, foi publicada na quarta-feira (31). Ainda cabe recurso.

De acordo com a sentença, a dona do cachorro agredido afirmou que o animal foi atacado pelo outro maior, quando ela saía de casa para passear com o bicho. O cão, da raça Lulu da Pomerânia, é de pequeno porte e acabou ferido pelo outro, um vira-latas que vivia na casa de uma vizinha. O ataque deixou o Lulu com vários ferimentos e correndo risco de vida. O cãozinho precisou passar por cirurgia e teve um tratamento longo para se recuperar.

A mulher que cuidava do vira-latas disse que adotou o cachorro meses antes do ataque. O animal foi encontrado na rua e chegou a ser atropelado. Por causa desse acidente, ele ficou manco de uma das patas, o que, para ela, dificultaria um eventual ataque. Além disso, ela disse que ele costumava ser bastante dócil.

Durante o processo, a dona do cachorro menor conseguiu comprovar que o vira-latas era agressivo com outros cães. Um veterinário da região prestou depoimento e afirmou ter atendido outros animais que tinham sido atacados pelo mesmo cachorro.

O juiz considerou que a dona do Lulu sofreu danos morais, por causa do sofrimento que teve, dada a possibilidade de o cãozinho morrer. Segundo o magistrado, o processo comprovou que a dona do cão responsável pelo ataque "faltou com o seu dever de guarda do animal, e deve ser responsabilizada pelos danos".

Do total da indenização, R$ 1.615 serão para pagar os custos com o tratamento do Lulu da Pomerânia. Os outros R$ 3 mil são referentes aos danos morais sofridos pela dona do cãozinho.

*(Foto meramente ilustrativa: reprodução Internet)

Por Samuel Nunes
Fonte: www.nsctotal.com.br

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima
Aprenda Como Despachar com o Juiz AQUI!