Após discutir por causa de mensagem em celular, advogado se mata com tiro na cabeça

mensagem celular advogado tiro cabeca direito
bit.ly/2lTcgaa | O advogado Francisco José Gonçalves de Camargo Filho, de 38 anos, matou-se, no início da madrugada deste domingo (16), em Porto Velho (RO). De acordo com a Ordem dos Advogados do Brasil, seção de Rondônia, o caso ocorreu no condomínio onde o advogado vivia com a mulher, uma área e luxo da Avenida Tiradentes, centro da capital rondoniense.

De acordo com a ocorrência policial, o advogado teria passado a noite consumindo bebida alcoólica com a esposa, de nome não revelado, de 37 anos de idade. Ao retornarem para casa, ambos teriam discutido por causa de uma mensagem que chegou no telefone dele. Em meio à discussão, o advogado teria empurrado a mulher para fora do quatro e se trancou. Após alguns minutos, a mulher ouviu um disparo de arma de fogo e, desesperada, ligou para um amigo da família, que é delegado da Policia Federal. Ao chegar no local, o delegado arrombou a porta do quarto e encontrou o advogado caído, tendo ao lado uma pistola calibre 380.

Esse já é o segundo caso recente de marido que se mata com tiro na cabeça após discussão com a esposa em condomínio de Porto Velho. O corpo foi velado na funerária São Cristóvão, localizada na avenida Jorge Teixeira, 2633, bairro da Liberdade.

O advogado atuava na área trabalhista, há cerca de 15 anos. Era conhecido por seu notável saber jurídico. “Indiscutivelmente um dos melhores advogados trabalhistas de Rondônia, além de ser uma pessoa muito bem quista por todos os colegas. Uma perda irreparável”, comenta a secretária-geral adjunta da OAB-RO, Aline Corrêa. “Neste momento de profundo pesar, a advocacia de Rondônia se solidariza a dor da família e amigos, e roga a Deus para sejam fortalecidos neste momento tão difícil”, acrescenta a nora.

Tião Maia, para Contilnet
Fonte: contilnetnoticias.com.br

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima
Nova rede social 100% jurídica amoDireito.com