Denúncia na OAB: mulher acusa advogado de se apropriar de mais de R$ 4 mil de indenização

mulher advogado apropriar 4 mil direito
bit.ly/2M7mcrk | Uma auxiliar de enfermagem, de 41 anos, acusa um advogado de ter se apropriado do valor de R$ 4 mil, provenientes de uma ação indenizatória, em Guarujá, no litoral de São Paulo. Ela relatou para o G1, na manhã desta quinta-feira (10), que denunciou o profissional na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A mulher informou à polícia que contratou os serviços em dezembro de 2012 para uma causa cível de cobrança de juros abusivos e cobrança indevida da compra de um carro. No acordo, a vítima pagou duas parcelas no valor de R$ 400, correspondentes a honorários advocatícios.

Em depoimento, ela alegou que durante a tramitação do processo teve dificuldades de manter contato telefônico e que o homem mudou três vezes de endereço. No dia 9 de setembro deste ano, a auxiliar foi até o escritório, na rua Quintino Bocaiúva, onde o encontrou e perguntou sobre o caso. Ele respondeu que o processo demoraria dez anos para ter uma solução e que retornaria o contato no dia 13 de setembro, o que não aconteceu.

Após a falta de resposta, a mulher consultou o processo no Fórum de Guarujá e descobriu que o advogado havia realizado um levantamento de R$ 2.276,22 e outro de R$ 1.463,79. Ela o acusa de não ter repassado o dinheiro. “Depois que soube, simplesmente denunciei na OAB”, disse. O G1 tentou contato com o advogado, mas não obteve resposta. O caso foi registrado na Delegacia Sede da cidade como apropriação indébita e segue sob investigação da Polícia Civil.

*(Foto meramente ilustrativa: reprodução Internet)

Fonte: g1.globo.com

1/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

  1. PENALIDADE A SER APLICADA PELA OAB - advertência - e fim de papo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima
Nova rede social 100% jurídica amoDireito.com