TRT instaura processo contra juiz por processos de julgamento pendentes em excesso

trt juiz processos pendentes excesso direito
bit.ly/2B21Lpx | O Órgão Especial do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5) instaurou um processo administrativo disciplinar contra o titular da 25ª Vara do Trabalho de Salvador, o juiz Agenor Calazans da Silva Filho. A Corte sugeriu a aplicação da pena de censura ao magistrado. Ou seja, o tribunal enxerga a vara pela qual ele é responsável possui processos pendentes em excesso.

A decisão saiu na edição da última segunda-feira (7) no Diário da Justiça, e foi assinada pela presidente do TRT-5, a desembargadora Maria de Lourdes Linhares. Contra a proposta, os juízes Maria Adna Aguiar e Pires Ribeiro votaram pelo arquivamento, mas foram voto vencido.

Em contato com o Bahia Notícias, o magistrado afirmou que está “tentando colocar os processos em dia para se livrar do processo administrativo”. “A Corregedoria do TRT é muito atuante e constatou número de processos pendentes de julgamento além do prazo previsto. A Corregedoria está fazendo o papel que lhe compete e eu estou tentando colocar os processos em dia”, disse, em entrevista ao BN. “Sei que há outros colegas com o mesmo problema. As pautas são extensas, os processos são complexos e nem sempre se consegue julgar na velocidade desejada”, acrescentou.

Por Rodrigo Daniel Silva / Matheus Caldas
Fonte: www.bahianoticias.com.br

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima
Nova rede social 100% jurídica amoDireito.com