7 erros que 95% das pessoas cometem no marketing jurídico

7 erros 95 cometem marketing juridico
bit.ly/2XQ3I4Q | “Quem não está nas redes sociais, não existe!”... Apesar de ser soar como um exagero, a verdade é que, em razão do isolamento social, o advogado passou a ser obrigado a se posicionar digitalmente.

Tornou crucial adotar um bom marketing para ter crescimento efetivo, se tornar um especialista no assunto e atrair a atenção dos seus potenciais clientes.

Mas muitos advogados ainda não sabem como traçar corretamente um plano de marketing que investem no marketing jurídico e acabam cometendo erros que poderiam ser facilmente evitados.

E, hoje, citamos os piores erros para um advogado que decide investir em marketing jurídico. Conheça-os para não cometê-los:

1. Se apresentar como advogado generalista

Não há problema algum em atuar em várias áreas do direito. Isso é muito comum no início da carreira. Mas para o marketing você precisa se posicionar como especialistas na área específica da sua demanda. Isso é um diferencial para agregar valor à imagem do seu escritório e captar novos clientes.

2. Acreditar que o Código de Ética da OAB é um fator limitante

Existem, sim, algumas proibições, mas elas não devem ser vistas, nem de longe, como limitantes. O que acontece é que o Código de Ética proíbe a publicidade agressiva e extrema, porém é permitida a atuação com base no marketing de conteúdo. Ou seja, você pode elaborar textos informativos sobre o mundo jurídico e esclarecer dúvidas em seu blog ou site, além de utilizar as redes sociais de maneira coerente.

3. Não conhecer o público-alvo e criar conteúdo irrelevante

Toda ação de marketing jurídico começa com planejamento. É necessário definir o público-alvo de sua campanha: você precisa conhecer com quem vai falar para saber como vai fazer isso, definindo a linguagem e os meios ideais para essa interação.

Quando isso não acontece, um erro recorrente pode ser percebido: produzir conteúdo irrelevante para seu público.

4. Não ter um site responsivo

As pessoas hoje passam mais tempo em dispositivos móveis do que em seus computadores. Tenha em mente que, ao investir na sua presença online, não basta apenas fazer um site de qualidade e criar sua página profissional nas principais redes sociais. Você precisa investir em um site responsivo, ou seja, um modelo de site que se adapte quando aberto em outros dispositivos, como smartphones e tablets.

5. Gerenciar com descaso suas páginas nas redes sociais

Não basta apenas criar sua página para que sua presença online esteja garantida, mas é importante que você busque uma estratégia de gerenciamento para o conteúdo que vai postar em cada rede.

6. Não dar retorno aos clientes

Quando um potencial cliente envia comentários para o blog ou a página de uma rede social, você deve responder a essas mensagens. Se alguém está escrevendo para suas páginas, quer dizer que sua mensagem atingiu, pelo menos, uma parcela do público.

Seja mais rápido, efetivo e atencioso do que a concorrência em seu marketing jurídico

7. Esquecer de investir na identidade visual de seu escritório

Invista na criação de um bom logotipo, comunicação visual, em fotografias profissionais para utilizar na internet e em seus materiais.

Além disso: imagem pessoal conta (e muito) para que a consolidação de uma marca pessoal na advocacia. Mesmo em momentos casuais, se preocupe com a sua imagem. Invista em boas fotos para impressionar.

Dica bônus: em qualquer estratégia de marketing jurídico, não ignore os sistemas de monitoramento de tráfego. Alguns advogados investem tempo e dinheiro em seus esforços de marketing online, mas depois esquecem de analisar os resultados. Isso dificulta otimizar campanhas e estratégias.

É preciso ter em mente que o marketing jurídico deve fazer parte de sua rotina e de seus esforços diários. Assim, com constância, eficiência e dedicação, você trilhará um caminho de sucesso!

E você, quais estratégias de marketing jurídico utiliza em seu negócio? Compartilhe sua experiência nos comentários e até a próxima!

Ah... e não se esqueça de curtir!

#maisjuntosquenunca

Blog Eliza Novaes
Marketing Jurídico | Direito Imobiliário
Blog criado pela advogada Eliza Novaes com o intuito de compartilhar dicas de MARKETING JURÍDICO e informações relevantes sobre DIREITO IMOBILIÁRIO E CONDOMINIAL, sua área de atuação como associada do escritório Kênio Pereira Sociedade de Advogados.
Fonte: elizannovaes.jusbrasil.com.br

1/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

  1. Great! Explain in detail and get to the point, can I share your article? It will be helpful for many people to read this article of yours. 8 pool ball

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima