Importe Salários do CNIS e Carta de Concessão para Planilha em 1 Minuto [GRATUITO]

importe salarios cnis carta concessao planilha
Por @alestrazzi | Para os advogados que preferem não usar programas de cálculos previdenciários e utilizam planilhas para isso, importar os salários de contribuição do CNIS ou da Carta de Concessão com certeza é a parte mais “chata” de todo trabalho. 😴

Isso porque leva um tempo enorme para adicionar manualmente centenas de salários de contribuição por segurado. 

Além do fato de que qualquer erro na hora de inserir as informações (nem que seja apenas uma vírgula), pode comprometer todo o cálculo. 🤯

Mas, imagine se existisse uma ferramenta online e gratuita que extraísse os salários de contribuição para  você? Pois bem, existe! 

É dessa ferramenta  maravilhosa que vamos falar no artigo de hoje! 😍

👉🏻 Dá uma olhada em tudo o que você vai aprender: 

  • Qual o motivo para o advogado importar os salários de contribuição para uma planilha;
  • Passo a passo de como importar os salários de contribuição de forma online e gratuita;
  • Dica Bônus: passo a passo de uma Calculadora de Prazos Decadenciais Previdenciários, também disponibilizada de forma online e gratuita.

Por que importar os salários de contribuição para uma planilha?

Bom, existem vários motivos que podem fazer com que o advogado previdenciarista tenha que importar os salários de contribuição para uma planilha. 🤓

Geralmente, os advogados importam essas informações para calcular o valor do salário de benefício, seja para realizar o planejamento previdenciário do cliente ou até mesmo analisar a possibilidade de revisão de benefício

Exportando os salários de contribuição do CNIS ou da Carta de Concessão para uma planilha, fica mais fácil analisar as informações, identificar erros e, obviamente, efetuar os cálculos previdenciários. 

Particularmente, confesso que prefiro utilizar programas de cálculo para fazer tudo isso, que me ajudam a agilizar o serviço e a economizar tempo (que é coisa muito rara para nós, né? 😂). 

Inclusive, já publiquei um artigo explicando o que considero essencial na hora de escolher um programa de cálculo. Vale a pena a leitura: 7 dicas para escolher o melhor programa de cálculo previdenciário

Mas, sei que muitos advogados ainda preferem utilizar suas próprias planilhas (do Excel, Google Sheets etc.) para realizar os cálculos. 👨🏻‍💻

Por isso, eu mesma ensino meus alunos a fazerem cálculos por meio de planilhas “comuns”, para que realmente aprendam o raciocínio e consigam dar conta do recado mesmo sem utilizar um programa específico para isso. 

😰 Contudo, sei que a parte mais chata de usar planilhas é ter que inserir os salários de contribuição “na mão”, um por um!

Além do risco de errar uma vírgula e comprometer o cálculo todo, leva um tempo enorme para inserir centenas de salários de contribuição por segurado.

Pensando nisso, consegui encontrar algo que literalmente salva a vida do advogado nessas horas, como vou explicar no próximo tópico. 

Está gostando do artigo? Clique aqui e entre no nosso grupo do Telegram! Lá costumo conversar com os leitores sobre cada artigo publicado. 😊

Como Extrair os Salários do CNIS e da Carta de Concessão em 1 Minuto!

Recentemente, descobri uma excelente ferramenta gratuita e online para importar salários de contribuição do CNIS e da Carta de Concessão. 

Como dica boa é dica compartilhada, resolvi dividir isso com vocês! 😉

Estou falando do Extrator de Salários do CNIS e da Carta de Concessão, desenvolvido pelos engenheiros do Cálculo Jurídico (fiquei impressionada como eles realmente estão arrasando nas ferramentas para advogados).  

É uma plataforma muito simples e intuitiva, que também apresenta os resultados bem rápido. E você pode usar quantas vezes quiser, viu? Não há limite de acesso! 🤗

Para você ver como é fácil, fiz um “passo a passo” da ferramenta: 

1. No seu computador, salve em PDF o CNIS ou a Carta de Concessão que queira importar os salários de contribuição (se tiver com dificuldades em dividir o arquivo, é só ler esse outro artigo em que ensino Como Dividir PDF: Ferramenta Gratuita para Advogados); 

2. Acesse o link do Extrator de Salários do CNIS e da Carta de Concessão

3. No campo “PDF da Carta de Concessão/CNIS”, clique em “Escolher arquivo” e selecione o arquivo do CNIS ou da Carta de Concessão que está salvo no seu computador e clique em “Abrir”

4. Depois disso, automaticamente, a ferramenta gera uma tabela completa indicando a competência e o valor de todos os salários de contribuição, organizados em ordem cronológica; 

5. Por fim, se quiser imprimir ou salvar as informações para inserir em outra planilha (do Excel, Google Sheets etc.), é só clicar em “Copiar tabela” e depois colar as informações onde você desejar.  

📹 Tem um vídeo do Cálculo Jurídico explicando certinho como funciona para importar salários de contribuição e também traz esse “passo a passo”. Se quiser conferir, é só clicar aqui

Dica Bônus: Calculadora de Prazos Decadenciais Previdenciários

E por falar em ferramentas que facilitam a vida do advogado previdenciarista na hora de analisar a possibilidade de revisão de benefício, quero trazer mais uma super dica para vocês! 😉

Trata-se da Calculadora de Prazos Decadenciais Previdenciários, que também foi desenvolvida pelos engenheiros do Cálculo Jurídico.  

Além de ser gratuita e super fácil de usar, o mais legal dela é que o advogado pode colocar dentro do próprio site do escritório, para que os clientes consigam acessar e ter uma noção inicial se o prazo decadencial para pedir a revisão do benefício já passou. 😱

Ou seja, você pode enviar o código da calculadora para o profissional responsável pelo desenvolvimento do seu site e pedir para que ele adicione essa funcionalidade à página. 

Excelente, né? E sem ter que pagar nada por isso! 🙏🏻

O próprio Cálculo Jurídico disponibilizou vídeos explicando como fazer. Para conferir, clique aqui se seu site for no formato Wordpress ou clique aqui se seu site for no formato Wix.   

👉🏻 Mas, voltando à questão da calculadora em si, fiz um resumo com o “passo a passo” de como essa ferramenta funciona: 

1. Acesse o link da Calculadora de Prazos Decadenciais Previdenciários

2. Clique em “Iniciar”

3. No campo “Data de Início do Benefício (DIB)”, digite a informação que consta na Carta de Concessão;

4. No campo “Data do Primeiro Recebimento”, digite a data do efetivo recebimento da primeira prestação, consultando os extratos HISCRE ou INFBEN. 

Lembrando que essa data nem sempre corresponde à Data de Início do Pagamento (DIP). Além disso, tome cuidado extra em benefícios concedidos judicialmente;

5. No campo “Teve pedido de Revisão Administrativo indeferido após o primeiro pagamento?”, selecione a opção “Sim” ou “Não”, de acordo com o caso do seu cliente;

6. Se selecionar “Sim” na etapa anterior, surgirá um campo chamado “Data de ciência do indeferimento do pedido de revisão administrativo”, para que você adicione essa informação;

7. Por fim, clique em “Ver resultado”

8. Automaticamente, a ferramenta gera um relatório completo indicando todos os dados que embasaram o cálculo e qual foi o resultado (termo inicial e final do prazo decadencial). 

Além disso, é disponibilizada uma explicação sobre o cálculo e também uma linha do tempo, que indica de forma didática cada um dos marcos temporais daquele caso. 

Esse relatório é uma excelente forma de você implementar o Visual Law em suas petições. Fazendo isso, tenho certeza de que você irá impressionar não só o cliente, mas o Juiz e o INSS também!

📹 Tem um vídeo do Cálculo Jurídico explicando certinho como funciona essa Calculadora de Prazos Decadenciais Previdenciários e também traz esse “passo a passo”. Se quiser conferir, é só clicar aqui

Conclusão

No artigo de hoje, compartilhei com vocês duas ferramentas gratuitas e onlines que realmente nos ajudam a economizar tempo na hora de importar salários de contribuição e calcular a decadência previdenciária. 😍

Ah, por falar no assunto, também já publiquei um artigo ensinando como Comparar a Carta de Concessão com o CNIS em 2 Minutos. Se você gosta de conteúdos como o de hoje, tenho certeza de que vai gostar deste artigo também. 

Além disso, quero publicar outros trazendo mais dicas práticas como essas para nossos leitores. Então, já deixem nos comentários sugestões de temas para os próximos! 

E já que estamos no final do artigo, que tal darmos uma revisada?  😃

👉🏻 Para facilitar, fiz uma listinha com tudo o que você aprendeu:

  • Porquê importar os salários de contribuição para uma planilha; 
  • Passo a passo de como importar os salários de contribuição de forma online e gratuita;
  • Passo a passo da Calculadora de Prazos Decadenciais Previdenciários, também disponibilizada de forma online e gratuita. 

FONTES

Veja as fontes utilizadas na elaboração deste artigo na publicação original no blog: Importe Salários do CNIS e Carta de Concessão para Planilha em 1 Minuto [GRATUITO]
_______________________________________

Por Alessandra Strazzi
Fonte: www.desmistificando.com.br

O que você achou desse conteúdo? Participe com sua Reaction abaixo:

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima