Assistente jurídico atropelado por advogado três vezes posta vídeo mostrando f3riment0s e diz não saber motivo do cr1m3

assistente juridico atropelado por advogado tres vezes posta video mostrando ferimentos diz nao saber motivo crime
Via @portalg1 | O homem que foi atropelado três vezes seguidas em um posto de combustíveis de Goiânia publicou um vídeo falando sobre o caso. Diostekhan Rocha Pinto Fiuza é assistente jurídico e mora em Palmas. Ele contou que estava junto com o advogado suspeito do crime momentos antes de ser atropelado.

Vítima atropelada 3 vezes posta vídeo mostrando marcas no corpo

"Eu sei que está repercutindo um vídeo meu aí sobre um atropelamento, na verdade uma tentativa de homicídio. Sim, aconteceu em Goiânia [...] Ao contrário do que estão falando não teve confusão nenhuma, muito pelo contrário, estávamos tomando uma cerveja de forma amistosa", disse a vítima nas redes sociais.

O advogado suspeito do atropelamento também é do Tocantins e foi preso nesta segunda-feira (1°). Em nota enviada à TV Anhanguera, a defesa do advogado que dirigia o carro disse que não vai se manifestar no momento. A OAB Tocantins foi questionada sobre o caso, mas não se manifestou até a publicação desta reportagem.

Advogado atropela três vezes homem em posto de combustível, diz polícia

Um vídeo de câmera de segurança mostra o momento em que o advogado atropela a vítima três vezes e depois foge do local. Diostekhan Rocha disse que não sabe a motivação do atropelamento e também relatou não ter sofrido ferimentos graves.

"Inclusive, está sendo investigado pela Polícia Civil do estado de Goiás qual foi a motivação desse advogado, que atua no Tocantins, porque ele tentou me matar utilizando o carro. E outra coisa, falaram que eu estou ruim, que estava na UTI. Para todos verem, realmente estou cheio de escoriações, porém não quebrei nada, estou vivo, estou bem. Estou tranquilo", diz.

O advogado segue preso em Goiânia. Ele prestou depoimento e deve passar por audiência de custódia nesta quinta-feira (4).

Vídeo mostra atropelamento em posto

Nas imagens de câmera de segurança, o advogado é visto entrando em um carro prata e manobrando até o pátio do posto de combustível. Em seguida, um homem se aproxima do carro e conversa com ele por alguns minutos.

Advogado atropela três vezes homem em posto de combustível, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Em outro momento, a vítima tenta passar pela frente do carro, mas é atropelada e arremessada ao chão. O motorista acelera, dá ré e passa por cima da vítima mais duas vezes antes de ir embora.

Depois do atropelamento, pessoas que estavam no posto correram para ajudar a vítima, enquanto o advogado fugia do local na quinta-feira (27).

Investigação

De acordo com o delegado Paulo Ribeiro, o advogado tem escritórios em Palmas, no Tocantins, e em Goiânia. O delegado contou que os dois homens chegaram juntos ao posto de combustíveis e foram flagrados pelas câmeras de segurança conversando de forma amigável e tomando bebidas alcoólicas no local na última quinta-feira (27).

O investigador também informou que, apesar disso, os envolvidos alegaram em depoimento não se lembrar dos eventos que levaram ao atropelamento.

Paulo Ribeiro disse que o advogado estava na casa de um parente quando foi localizado pela Polícia Civil na segunda-feira (1°). Também informou que o bacharel em direito, que não teve a identidade revelada, foi levado para o hospital e já teve alta.

O investigador informou que, até o momento, outras duas pessoas foram ouvidas: a vítima e a noiva dele. De acordo com Paulo, o suspeito deve passar por audiência de custódia nesta terça-feira. Exames toxicológicos serão realizados para verificar se houve consumo de outras substâncias além do álcool.

O caso está sendo tratado pela polícia como tentativa de homicídio. O delegado informou que funcionários do estabelecimento também serão ouvidos.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil informou que ainda não tem conhecimento dos fatos noticiados e, portanto, não se manifestará por enquanto.

Vítima de atropelamento posta vídeo nas redes sociais — Foto: Reprodução

Por Patrício Reis, Ana Paula Rehbein, g1 Tocantins e TV Anhanguera
Fonte: @portalg1

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima