OAB apura infração ética de advogadas que fizeram paródia de hit "Tudo OK"

oab etica advogadas parodia hit direito
bit.ly/2uvj3f2 | A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Rio Grande do Sul (OAB-RS) adotará medidas contra um grupo de advogadas que divulgou uma paródia da música “Tudo Ok”, do funkeiro Thiaguinho MT. As advogadas chamam a paródia de “Marchinha de Carnaval 2020”. O vídeo viralizou no meio jurídico nas vésperas do Carnaval.

O refrão da versão original é: "É hoje que ele paga todo o mal que ele te fez". Na paródia, quatro mulheres dançam e cantam refrão dizendo "É hoje que ele paga a pensão que ele não deu!", sugerindo a propositura de ação de cobrança de alimentos. Em um dado momento, uma das cantoras exibe o logotipo de um escritório de advocacia.

Em nota, a OAB de Caixas do Sul afirmou que tomou conhecimento do vídeo, e disse que a produção trata de “forma jocosa demandas importantes para a vida das pessoas e que infringe gravemente o Código de Ética e Disciplina”, por macular “a imagem e o respeito da advocacia”.


E você, acredita que houve algo errado na paródia de carnaval das advogadas? Deixe sua opinião aqui nos comentários para que possamos ter sua participação ativa.


Fonte: www.bahianoticias.com.br

17/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

  1. Gostei da paródia, só não pegou bem a divulgação do escritório delas kkkk

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Meio que uma captação de clientela em cima do sucesso do hit. Advogado e advogada tem que impor respeito a profissão, o que será que os clientes quando ver, é o que será que vão achar quando for precisar de um serviço nesse escritório????

    ResponderExcluir
  4. Jocosa é a forma como somos tratados diariamente nos Fóruns e como os processos de alimentos e execuções arrastam por anos nos tribunais e a OAB não toma nenhuma providência. Não vi nada de ofensivo. A OAB deveria procurar o que fazer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, Bárbara. E ainda temos que pagar para trabalhar, já que a OAB aqui em SC cobra anuidade de quase R$ 1.200,00.

      Excluir
    2. Ofensivo realmente não tem de nada, mas elas mostraram o slogan do escritório, que em face ao Código de Ética é errado.

      Excluir
  5. Não vi nada de mais na parodia. Pior que isso só a anuidade vergonhosa cobrada pela OAB.

    ResponderExcluir
  6. Foi um tiro no pé! Quem é louco para contratar profissionais deste nível? Advogado além de todo conhecimento e experiência jurídica tem que ter postura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente, é um assunto muito sério para levar na brincadeira e tratar de forma pejorativa, denota deboche às mulheres que necessitam de tal medida, como se todas fossem "barraqueiras e baixo nível".

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. O quê é postura? Um túmulo caiado de branco por fora...

    ResponderExcluir
  9. Muito interessante...agora a OAB fala em ética ....deichem as meninas foram criativas..e não vi nada de desrespeito a profissão ..esse alarde todo com essa paródia e para tirar o foco de outros assuntos..

    ResponderExcluir
  10. Usaram alguma palavra de baixo calão? Ofenderam na musica o judiciário ou operadores do direito? Usaram o nome de algum réu? Então o maior castigo que receberão é a demissão.
    País chato!

    ResponderExcluir
  11. Num momento tão relevante quanto à postura e atitudes que levantam questões de respeito e direitos, estas senhoras deveriam agir para preservar
    a profissão e não denegrir de forma tão grosseira e deselegante.

    ResponderExcluir
  12. Esperamos de advogados uma conduta ética e respeitosa. Idoneidade moral inabalada. Ver essas jovens se prestar a uma paródia dessas é um tanto ridículo e acaba por dar ao título "advogado" mais má fama do que vem possuindo.

    ResponderExcluir
  13. Já se foi o tempo em que o Advogado era visto como um ser de sabedoria ímpar, hoje com uma graduação de Direito a cada 50 metros temos um mercado inchado e com profissionais cada vez mais desmerecendo a profissão, ainda há quem defenda o fim do exame da ordem, imagina todos os alunos que colaram em 5 anos de faculdade saindo do curso e abrindo uma barraca de petição na feira pública de domingo vendendo 3 peças por 10 reais.
    E o absurdo maior é ver colegas de profissão defendendo a banalização de uma das mais nobres das profissões.
    Obrigado geração 2000 vocês estão realmente acabando com tudo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima