Advogada goiana faz petição em versos e juiz defere pedido para alongar prazo em ação

advogada goiana peticao versos juiz acao
Normalmente, as petições encaminhadas à Justiça por advogados são compostas de termos jurídicos e obedecendo requisitos específicos. Afinal, é por meio dessa peça processual que são apresentados os pedidos a magistrados. Mas a advogada Andreia Bacellar, do escritório Araújo & Bacellar Advogados Associados, decidiu inovar e, como ela mesma diz, levar um pouco de ternura e poesia ao Judiciário.

Em uma petição interlocutória em que pede mais prazo para obter informações sobre um veículo, a advogada fez o pedido ao magistrado em forma de versos. A advogada inicia a petição “Senho MMº Juiz com todo respeito, o promovente recorre a sua ciência, com muita fé e paciência em busca da tutela jurisdicional.

Petição em Versos

“De fato, nenhum bem foi encontrado, em nome do devedor muito esperto e ‘antenado’. No qual resultou idas e vindas do zeloso oficial de Justiça. Em busca de cumprir a honrosa missão liça.”

Prossegue “Nesse momento recorro à poesia, para amenizar o desalento, desapontamento da causídica desta ação. Pois de todo coração, diante da nova certidão, não há muito o que fazer, a não ser… Requerer com toda reverência. A sabedoria da Vossa Excelência. O alongamento do prazo desta ação. Tenha condição de apresentar o paradeiro do veículo em questão”, finaliza.

O juiz Rozemberg Vilela da Fonseca, do Juizado Especial Cível de Formosa, deferiu o pedido e estipulou o prazo de 30 dias para que o promovente diligencie no intuito de obter informações sobre o veículo.

Leia aqui a petição

Wanessa Rodrigues
Fonte: www.rotajuridica.com.br

O que você achou desse conteúdo? Participe com sua Reaction abaixo:

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima