Justiça nega habeas corpus a DJ Ivis, que teve a cabeça raspada

justica nega habeas corpus dj ivis
Via @catracalivre | A Justiça do Ceará negou no último sábado, 17, o pedido de habeas corpus da defesa do DJ Ivis, preso na semana passada por agredir a ex-mulher, Pamella Holanda.

Iverson de Souza Araújo, que está preso desde o dia 14, teve a cabeça raspada ao chegar na Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, que é de segurança máxima e fica em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza. As informações são do colunista Léo Dias, do site Metrópoles.

Ontem, em entrevista ao programa “Fantástico”, da Globo, revelou os momentos de pânico que sofreu com as agressões do produtor musical, que em uma das brigas chegou a pegar uma faca.

Pamella Holanda e DJ Ivis se conheceram pela internet em 2018 e em janeiro de 2020 foram morar juntos. Pouco tempo depois ela engravidou e passou a sofrer violência domestica. A primeira agressão aconteceu quando ela estava grávida de cinco meses.

“Quando comecei a morar com ele, ele já começou a me agredir. Começou verbalmente: palavrão, grosserias. Eu estava grávida de cinco para seis meses. Me segurou pelo pescoço e foi me arrastando do corredor até o sofá… Teve outras. Time medo, vergonha, eu tava realizando um sonho, eu tava grávida. Sempre quis ser mãe”.

Ao “Fantástico”, a defesa de DJ Ivis disse que “ele reconhece que foram totalmente desleais, e não há nada que possa justificar”. Ele “diz ainda que irá arcar com suas responsabilidades”.

Se condenado, o produtor musical pode cumprir a pena de até três anos em regime aberto ou semiaberto.

Fonte: catracalivre.com.br

O que você achou desse conteúdo? Participe com sua Reaction abaixo:

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima