Advogado preso por injúria ameaça esposa em áudio: “Puta e vagabunda”

advogado preso ameaca esposa puta vagabunda
Via @metropoles | O advogado Everardo Braga Lopes, 60 anos, preso na quarta-feira (15/12) por chamar uma jovem de 25 anos de “preta” e “fedorenta”, já enviou áudios xingando a ex-esposa de “puta” e “vagabunda”. A mulher buscou ajuda da polícia em novembro de 2021.

O arquivo foi enviado ao filho dos dois, que tem 10 anos. Everardo ordenou, em tom de ameaça, que a criança mostrasse a mensagem à mãe. Além das ofensas, o advogado acusa a ex-companheira de ter dois amantes.

“Ô puta, tua qualificação já esgotou vagabunda”, começa o homem. Depois, ao falar dos supostos amantes, Everardo afirma que “os dois são bandidos e estão te comendo de graça, vagabunda. Mas eles não tem pau e chupam essa buceta fedorenta e escorrenta. Tu tá fudida”.

Segundo o que foi contado à polícia, Everardo e a ex-esposa romperam amigavelmente o relacionamento em maio de 2021. Depois da separação, o advogado continuou a pagar algumas contas da esposa, entre elas a de telefone. O homem então pegou a descrição detalhada dos números para quem a mulher fez ligações e entrou em contato com todos eles.

Depois disso, ele teria ficado agressivo, ciumento e passou a monitorá-la. Então, a ex-mulher pediu medidas protetivas, que foram deferidas e valem até 31 de janeiro de 2022.

Escute o áudio em que o advogado ofende a ex-companheira:

Celimar de Meneses, Carlos Carone, Mirelle Pinheiro
Fonte: www.metropoles.com

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima