Ministério Público erra endereço e bate na casa de promotor para cumprir mandado em investigação

ministerio publico erra endereco casa promotor
Via @gzhdigital | Um promotor de Justiça foi acordado nesta quinta-feira (23) por colegas do Ministério Público (MP-RS) que cumpriam mandado de busca e apreensão em uma investigação criminal. Ele estava em sua residência, num condomínio de Porto Alegre, quando os servidores chegaram com a decisão judicial em mãos para ingressar no local a procura de provas. Tratava-se, no entanto, de um erro de endereço de um dos investigados — o promotor de justiça não está sendo investigado.

O alvo do mandado de busca e apreensão residia no endereço onde hoje mora o promotor. Com base nisso, um dos promotores que conduz a investigação pediu a busca para esse local. O investigado, no entanto, já não mora mais nesse endereço e seus dados cadastrais não estão atualizados nos sistemas consultados pelo Ministério Público.

GZH teve acesso a nota emitida pela Associação do Ministério Público, que representa promotores e procuradores, sobre o mal-entendido. A entidade reforça que não há qualquer investigação envolvendo o agente público.

"A Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul se solidariza com o promotor e seus familiares, afirmando confiança no trabalho do colega, cuja conduta profissional e pessoal é irrepreensível e digna de orgulho de todos os seus pares", diz a nota assinada pelo presidente da entidade, João Ricardo Santos Tavares.

Em nota, a administração do MPRS lamentou o ocorrido e "entende que o fato foi devidamente esclarecido e, portando, superado".

Eduardo Matos
Fonte: gauchazh.clicrbs.com.br

O que você achou desse conteúdo? Participe com sua Reaction abaixo:

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima