Mãe é investigada após inventar câncer do filho para arrecadar dinheiro

mae investigada inventar cancer filho dinheiro
Via @opovoonline | A polícia da cidade de Panorama, interior de São Paulo, abriu inquérito na última sexta-feira, 18, para investigar uma mulher de 35 anos por suposto crime de estelionato. De acordo com as autoridades, ela teria inventado que o filho, de quatro anos, estaria com um câncer no cérebro. O objetivo era arrecadar dinheiro em uma vaquinha virtual.

De acordo com a polícia, a mulher, que não teve seu nome divulgado, usava as redes sociais para publicar cartazes com a foto do filho, afirmando que a criança estaria com o câncer na região cerebral e que a família precisava de dinheiro para custear o tratamento médico.

"Ele foi diagnosticado com câncer na cabeça (no cérebro) e está fazendo seções de quimioterapia. Há cerca de dois meses esse câncer passou para o osso. Precisamos da 'vakinha' para a compra de remédios.

Começamos seu tratamento em Presidente Prudente (SP) e hoje tratamos em Barretos (SP)", afirmavam as publicações, que vinham acompanhadas por uma chave pix e um link de acesso para uma vaquinha virtual.

A desconfiança começou quando o Conselho Tutelar e a Secretaria da Saúde do município solicitaram à mãe os exames da criança para inclui-lo em programas sociais da cidade. A mulher não apresentou os documentos, alegando que eles estavam dentro de uma caixa, porque a família estava de mudança para Três Lagoas, em Minas Gerais.

Levada para a delegacia, a mulher confirmou em depoimento que a doença do filho era mentira, criada para que ela pudesse arrecadar o dinheiro.

Ainda conforme a polícia, a mulher confessou estar fazendo uma campanha para vender pizzas na cidade, e que sete vales-pizza, custando R$ 25 cada, já haviam sido vendidos.

Após o depoimento a mãe da criança foi liberada e deve aguardar o fim das investigações, que devem durar 30 dias.

Até a tarde deste sábado, 19, a campanha criada por ela ainda estava no ar e já havia arrecadado pouco mais de R$ 1.100. Não foi informado como os doadores serão ressarcidos.

Autor Carlos Viana
Fonte: www.opovo.com.br

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima