"Cenário de pesadelo": Casal branco processa clínica de fertilização após dar à luz bebê asiático

casal processa clinica bebe asiatico direito
bit.ly/2kj5PwM | Um casal branco de Verona, nos Estados Unidos, está processando uma clínica de fertilização depois que sua filha, gerada por meio das intervenções da instituição, começou a apresentar traços asiáticos ao longo do crescimento.

O juiz ordenou que o Instituto de Medicina Reprodutiva e Ciência de Saint Barnabas entregue uma lista de homens e mulheres que usaram as instalações na mesma época do casal. Um teste de DNA foi feito para comprovar a teoria de que o sêmen de outro homem foi usado para o tratamento.

"Embora os dois a amem, eles têm o direito de ter um filho com ambos os genes", disse David Mazie, do escritório de advocacia Mazie, Slater, Katz & Freeman, que representa o casal, atualmente divorciado, na luta judicial.

Enquanto os advogados da clínica argumentaram que a divulgação de informações violaria a Lei de Portabilidade e Responsabilidade do Seguro de Saúde (HIPAA), o juiz disse que as informações de identificação pessoal nas listas poderiam ser redigidas.

"Essa garotinha tem o direito de conhecer sua história genética. Ela tem o direito de saber se houve algum distúrbio médico", acrescenta David Mazie.

A criança herdou um distúrbio genético do sangue associado à herança do Sudeste Asiático que nenhum dos pais carregava, segundo o processo.

O processo, que descreve o que aconteceu como um "cenário de pesadelo", afirma que o casal gastou aproximadamente US$ 500 mil para engravidar, aproximadamente R$ 2 milhões.

*(Foto meramente ilustrativa: reprodução Internet)

Do UOL, em São Paulo
Fonte: www.uol.com.br

0/Comentários

Agradecemos pelo seu comentário!

Anterior Próxima
Aprenda Como Despachar com o Juiz AQUI!